Desafios para escrever a dissertação de mestrado

Olá, queridos e queridas!
Estive um tempo sem publicar por problemas em meu computador, mas agora tudo certo!

Já vai fazer dois anos que defendi minha dissertação e me peguei esses dias lembrando o longo período em que passei escrevendo as mais 100 páginas.

Em vários momentos me vi com o sério problema de bloqueio para escrever.

Para quem já está no mestrado não sei se já enfrentou, ou está enfrentando, este problema. Se não, certamente enfrentará.

Escrever é um processo. Como costumo dizer, o texto não surge de “geração espontânea”. Ao contrário, demanda muita, mas muita leitura, anotações e reflexões.

Lembro-me de ter ficado um sábado inteiro para escrever um único parágrafo! Ai que desespero, meu Deus!

Sem falar das várias noites que custava a pegar no sono pensando em como desenvolver a ideia de um novo capítulo.

Não digo isso para desanimar os futuros mestrandos, e sim para encorajar quem já está no mestrado. Saiba que você não é o único a enfrentar este problema. Afinal de contas, o processo de pesquisa se dá num caminho que vamos descobrindo pouco a pouco. Não há certezas prévias, no máximo hipóteses. E é justamente isso que acho fascinante!

Para mim, o campo da pesquisa, seja em qual área for, é árduo e solitário (como acredito que já falei aqui no blog), mas acima de tudo instigante.

Nada se compara ao prazer de pegar um trabalho de sua autoria prontinho e encadernado! Lembro-me como se fosse hoje quando toquei em minha dissertação ao retirá-la na encadernadora. Ah, que alegria! Até hoje me emociono quando a pego para reler.

Então, queridos que acompanham este blog, sei que pode parecer autoajuda, mas acreditem: vocês sobreviverão!

Anúncios

2 comentários

  1. Olá! Estava lendo sobre a ‘justificativa’ e em vários lugares explicam que é uma seção onde a pessoa deve escrever em um parágrafo os objetivos principais da pesquisa. Mas tanto no exemplo do seu projeto de pesquisa que você disponibilizou para quem pediu, quanto nos editais que pedem ‘justificativa (síntese bibliográfica fundamental)’, isso não se aplica, certo? A ‘justificativa’ se torna o espaço onde a pessoa deve desenvolver a ideia da pesquisa, correto?
    Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s