Garimpando pelo processo seletivo

Olá pessoal!

Fiquei um tempo sumida, por conta da defesa de minha dissertação,  mas cá estou de volta!

Outro dia (em 2011) estava eu perdida, mas com o sonho de ingressar no mestrado (e na USP!). Então fui garimpando, garimpando, até que… fui aprovada!

Vcs devem estar se perguntando: como?

Então, vou relatar minha experiência pra vcs. É claro que cada Instituto tem suas normas próprias, mas, de modo geral, os processos seletivos giram em torno de:

1. Aprovação em prova de proficiência em língua estrangeira;

2. Prova dissertativa;

3. Avaliação de projeto de pesquisa;

4. Avaliação do Currículo Lattes;

5. Entrevista (com o futuro orientador ou com uma banca de profs).

Bem, imagino que milhões de dúvidas devem ter surgido em sua cabeça, como: o que é avaliado na proficiência? Ou: o que devo estudar para a dissertativa? Ou ainda: como devo escrever meu projeto de pesquisa e o que será que podem me perguntar na entrevista??

Realmente, são muitas dúvidas! Mas saiba que o caminho da pesquisa é assim mesmo, cheio de dúvidas. Vamos esclarecendo umas e logo surgirão outras.

Pensando nisto, fica combinado o seguinte: nas próximas postagens (pretendo escrever semanalmente, prometo!) estarei detalhando item por item, não necessariamente nesta ordem. Inclusive, vcs podem, nos comentários, dizer qual vcs tem mais dúvida, para que seja dado prioridade.

Um bj a todos, e vamos em frente: mestrado USP aí vamos nós! 😉

15 comentários

    • Oi Jacson, fica tranquilo que as dúvidas são absolutamente normais (até aquelas que a gente tem vergonha, por pensar ser uma pergunta “boba”).
      Na verdade, já faço esse trabalho de orientação assim que ingressei no mestrado em 2012, por um grupo no facebook, no qual uns sete membros já conseguiram ingressar no mestrado. Como o grupo foi crescendo resolvi criar o blog.
      Agradeço sua participação, e fica ligado nas próximas postagens.
      Abrs!

  1. Olá Fernanda, apesar de TODAS as minhas interrogações, ainda sonho em conseguir ingressar em um mestrado, na USP,mas o que fazer para conseguir isto se ainda não tenho nem um título para a bibliografia ou sequer sei sobre o que escrever,o que defender,o que pesquisar…Só sei que tem que ser algo dentro da minha área de atuação é claro?São tantas as minhas perguntas porém conto com vc para eliminar algumas como por exemplo: Posso eu,sendo formada em pedagogia fazer mestrado em Sociologia,História ou Filosofia?Espero muito que vc me responda,obrigada por criar este blog.

    • Oi Alaide! Primeiramente agradeço por sua participação aqui no blog! Veja bem: tanto vc pode fazer o mestrado na área de sua formação (no caso Pedagogia) quanto nas outras áreas que vc citou. O importante é que vc veja algo com o qual vc se identifique, pq é como eu digo: mestrado é como um casamento, gostando da pessoa já não é fácil, imagine não gostando! Então, num primeiro momento veja em qual área pretende seguir. Daí, nesta área comece a ler artigos a respeito e assim ficará mais fácil vc decidir pelo seu objeto de estudo, que pode ser tanto uma pesquisa teórica como também um estudo de caso. Espero ter lhe ajudado, e sinta-se a vontade para continuar postando suas dúvidas, ideias etc. Forte Abr! 😉

  2. Ola Fernanda, obrigada por compartilhar sua experiência!!

    Fiquei com algumas dúvidas, gostaria se mesmo não tendo estudado na USP eu posso defender uma tese de mestrado na universidade?

    Qual objetivo da prova de proficiência em língua estrangeira? Qual língua seria?

    O projeto de pesquisa deve ser escrito antes para ser aprovado é isso? Faço isso de forma autonoma então?

    Sobre o Currículo Lattes, eu nunca fiz o meu, o que é avaliado? Você tem dicas de como estruturá-lo? Qualquer pessoa pode ter um CL?

    Gratidão por sua disponibilidade em nos ajudar, aguardo seu retorno ansiosamente.

    Talita.

    • Olá, tudo bem?!
      Então, o fato de você não ter feito graduação na USP não é impeditivo de fazer o mestrado na Instituição. Eu sou prova viva disso, pois minha graduação foi feita em universidade privada.

      Prova de proficiência: avaliar habilidades de leitura e interpretação de texto em língua estrangeira. Cada programa de mestrado decide quais línguas serão aceitas e divulga em edital.

      Projeto de pesquisa: dependendo da Instituição, é pedido antes ou depois do ingresso. Na USP é um item obrigatório e eliminatório nos processos seletivos. Caso você precise de orientação para a escrita do projeto, entre em contato comigo: 11 94582 3791. Eu trabalho também com consultoria acadêmica.

      Lattes: É como seu cartão de visitas para o mundo acadêmico. Nele você registra suas informações acadêmicas e profissionais. Aqui no blog há alguns posts a respeito (basta digitar “currículo Lattes” no campo de busca). E sim, qualquer pessoa pode ter um Lattes. Se precisar de orientação específica também para o lattes, entre em contato comigo.

      Espero ter ajudado!
      Um abraço

  3. Admiring the time and effort you put into your blog and in depth
    information you present. It’s awesome to come across a blog every
    once in a while that isn’t the same outdated rehashed material.

    Fantastic read! I’ve saved your site and I’m including
    your RSS feeds to my Google account.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s