Aluno especial: ser ou não ser…

Olá pessoal!

Muitas pessoas me perguntam sobre o que vem a ser aluno especial.

Então vamos lá:

Ser aprovado como aluno especial é uma boa alternativa para preparar o terreno para o mestrado. Digo “ser aprovado” porque é necessário passar por uma seleção. Como isso acontece?

Você precisa ficar atento ao calendário do Instituto no qual pretende ingressar. Alguns abrem vagas semestralmente, outros anualmente.

1. Escolha uma disciplina que está sendo oferecida que seja do seu interesse.

2. Pesquise o Lattes do professor responsável pela disciplina. Veja se tem proximidade com o tema de seu projeto, já visando-o como seu futuro orientador.

3. Faça a inscrição levando os documentos pedidos (geralmente RG, CPF, comprovante de endereço, diploma e histórico da graduação, Lattes). Há casos que é pedido uma carta de apresentação pessoal.

4. Feita a inscrição, o professor responsável irá selecionar os candidatos por meio de uma avaliação da documentação. A quantidade de vagas varia de disciplina para disciplina e de Instituto para Instituto.

Sendo aprovado, você será matriculado como aluno especial e terá alguns direitos e deveres.

Direitos: Poderá utilizar os créditos da disciplina quando for aprovado como aluno regular.

Deveres: Nota e frequência.

Lembrando que, na condição de aluno especial, você ainda não está no mestrado. Ou seja, não te dá o direito ao título de mestre. Apenas cursa uma disciplina. No entanto, como havia dito, é uma boa alternativa, especialmente para quem fez a graduação em outra Instituição. Além disso, aproveite a oportunidade e seja participativo nas aulas e capriche nos trabalhos.

E qual a diferença entre aluno especial, ouvinte e regular?

Diferente do especial, para ser aluno ouvinte não precisa passar por nenhum tipo de seleção. Você apenas pergunta para o professor se pode assistir algumas de suas aulas (via e-mail ou pessoalmente). Mas diferente de ser especial, enquanto ouvinte não se têm direitos, nem deveres. Apenas assiste as aulas.

E como aluno regular?

Lembram de todo aquele processo de seleção que falamos nos posts anteriores (provas de proficiência e dissertativa, projeto de pesquisa, entrevista etc.)? Então, sendo aprovado, aí sim você terá ingressado no mestrado (e não apenas em uma disciplina, como no caso de ser aluno especial) e terá de pesquisar, escrever e defender sua dissertação, e sendo aprovado pela banca no dia da defesa, obterá o tão sonhado título de mestre.

Dúvidas, postem nos comentários, ok?

Abrs 😉

Anúncios

18 comentários

  1. Olá Fernanda!
    Estou fazendo minha inscrição como aluna especial numa disciplina da pós de Zoologia da USP. Porém estou com uma duvida que acredito que você poderia me esclarecer. Na ficha de inscrição, possui um campo para justificativa. O que seria adequado registrar nesse campo?

  2. Fernanda seu blog é muito bacana! Pois quando se trata de mestrado na USP, surgem muitas dúvidas mesmo.
    Você fez a prova de proeficiência em Inglês na USP ou apresentou sua certificação?
    Vou iniciar como aluna especial em outubro e ano que vem me candidato como aluna regular. Estou muito insegura, mas vou me preparar.
    Agradeço por sua atenção e disponibilidade! Parabéns pelo Blog!

  3. Boa Noite Fernanda!
    Tenho interesse em fazer o mestrado mas já percebi que é muito difícil,mesmo assim irei tentar.
    Estou com uma dúvida pra ingressar no mestrado tenho que dominar o inglês ou espanhol na frente dá banca? ou apenas escrever?
    Obrigada pela atenção,
    Seu blog é importantíssimo, amei!!!
    Jane Sheila.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s